Terapia alvo-orientada de metástase cerebral de pacientes com câncer do pulmão e mutação ALK positivo

A terapia alvo-orientada com inibidores do gene ALK é altamente ativa em pacientes com câncer do pulmão não de pequenas células com mutação no oncogene de fusão ALK(anaplasic lymphoma kinase).Apesar disso,eventualmente  todos os pacientes recidivam devido ao desenvolvimento de mutação que leva a resistência ou do aparecimento de metástase cerebral.Um estudo fase II com o alectinib,uma segunda geração de drogas inibidoras do ALK,foi altamente eficaz nos pacientes que tinham previamente progredido em uso do crizotinib,apresentando atividade similar tanto da doença sistêmica quanto da metástase cerebral.Alectinib e outras drogas da segunda geração que estão em desenvolvimento podem eventualmente representar uma alternativa importante ao tratamento radioterápico de pacientes com tumores ALK-positivo e com metástase cerebral

2017-01-31T16:05:54+00:00

Deixar Um Comentário