Pacientes com câncer do pâncreas avançado muitas vezes apresentam excessiva perda de peso e um fatores que mais contribuem é a insuficiência do pâncreas exócrino que leva à má digestão,má absorção de gorduras,esteatorréia e perda de peso.Apesar da recomendação de especialistas de que os pacientes com suspeita de má absorção de gorduras devem ser tratados empiricamente com enzimas pancreáticas.Existem evidências que esta terapia é subutilizada.Em uma revisão de 129 pacientes portadores de câncer do pâncreas metastático encaminhados para cuidado paliativo na Austrália,mais de 70% deles apresentavam sintomas que podiam ser atribuídos a síndrome de mal absorção(dor abdominal,distenção abdominal por gazes e esteatorréia),apenas 21% deles encontravam-se em uso de enzimas pancreáticas.