Sem importância aparente do tratamento radioquimioterápico no câncer da vulva com metástase linfonodal

Nas mulheres submetidas a excisão de câncer da vulva,o tratamento radioquimioterápico é recomendado naquelas com características de alto risco,como a metástase linfonodal. Se existe um benefício da adição da quimioterapia à radioterapia neste grupo de pacientes não está claro.Em um estudo apresentado em 2014 da ASTRO(American Society for Radiation Oncology),os investigadores identificaram mais de 3.400 mulheres com câncer da vulva e metástase linfonodal que foram tratadas com quimioradioterapia.Em análises multivariáveis,o uso da quimioradioterapia nos foi independentemente associado com uma vantagem na sobrevida.Estes dados sugerem que que possa não existir vantagens no uso da combinação da quimioterapia com a radioterapia neste grupo de pacientes.

2017-01-31T15:37:07+00:00

Deixar Um Comentário