A aprovação foi baseada em um ensaio clínico de braço terapêutico único com 182 pacientes portadores de carcinoma urotelial avançado ou metastático cuja doença tenha progredido após tratamento prévio com associação de quimioterápicos antienoplásicos contendo um sal de platina(cisplatina,carboplatina).O durvalumab foi administrado na dose de 10mg/Kg por via intravenosa a cada 15 dias.A taxa de resposta global variou de 0,9 a 19,9 meses.A taxa de resposta global está associado aos níveis de expressão do PD-L1,sendo de 26,3% nos pacientes cuja patologia possuísse alta taxa de expressão e de 4,1% naqueles com baixa taxa de expressão.