O alectinib foi recentemente aprovado pelo FDA no tratamento de pacientes portadores de carcinoma não de pequenas células do pulmão ALK positivo cuja doença tenha progredido ou que tenha apresentado intolerância ao crizotinib.Esta aprovação foi baseada nos resultados de dois estudos fase II em pacientes com câncer do pulmão não de pequenas células ALK positivo localmente avançado ou metastático resistente ao crizotinib.Entre os pacientes com metástase cerebral,a maioria dos quais já tinham sido submetidos a tratamento radioterápico,a taxa de resposta objetiva com o alectinib foi de 57% em um estudo e de 75% no outro,sendo que a duração média da resposta da doença no sistema nervoso central foi de 10 meses e 11 meses respectivamente.Estes dado apoiam o uso do alectinib em pacientes com câncer do pulmão não de pequenas células ALK positivo que não responderam ao tratamento com o crizotinib