Imunoterapia com o pembrolizumab no melanoma maligno metastático previamente tratado

O pembrolizumab é um anticorpo monoclonal que tem como alvo a proteína da morte programada 1(PD-1), um receptor presente nos linfócitos T.O PD-1 liga-se ao seu ligante nas células tumorais, evitando que o sistema imunológico rejeite o tumor. O pembrolizumab bloqueia a interação do PD-1 com a célula tumoral,aumentando assim a resposta imunológica antitumoral. Estudos clínicos fase I e II, o pembrolizumab induziu regressão tumoral ou estabilizou a progressão tumoral além de aumentar a sobrevida de pacientes que tinham apresentado progressão da doença após tratamento com o ipilimumab. Nos EUA o pembrolizumab foia provado pelo FDA em setembro de 2014 baseando-se nestes resultados. Esta droga representa um novo tipo de agente e ensaios clínicos adicionais com agentes similares estão em curso no momento. É recomendado o tratamento com o pembrolizumab em pacientes com melanoma maligno avançado que progridiram em uso do ipilimumab.

2017-01-31T15:36:27+00:00

Deixar Um Comentário