Imunoterapia com o dinutuximab no neuroblastoma de alto risco

Terapia biológica de diferenciação com o ácido cis-retinoico tem sido a espinha dorsal do tratamento de manutenção do neuroblastoma de alto risco,um tumor que origina-se preferencialmente na infância.Uma nova terapia alvo orientada para um antígeno associado ao tumor maligno o disialoganglioside GD2,que é uniformemente expressada nos neuroblastomas,surgiu recentemente.A adição da imunoterapia com o anticorpo quimérico anti-GD2 dinutuximab associado ao fator de estimulação da formação de macrófagos e granulócitos(GM-CSF),interleucina-2 e ácido cis-retinoico demonstrou uma melhora significativa na sobrevida livre de eventos e na sobrevida global quando comparado com o ácido cis-retinoico isolado em um ensaio clínico randomizado.Como resultado destes resultados,o dinutuximab foi aprovado pelo FDA,em associação com o GM-CSF e a interleucina 2 e o ácido cis-retinoico no tratamento de crianças portadoras de neuroblastoma de alto risco que alcançam uma resposta pelo menos parcial ao tratamento multidisciplinar anterior.

2017-01-31T15:38:19+00:00

Deixar Um Comentário