Determinação de ressecabilidade após tratamento inicial com quimioterapia no câncer do pâncreas localmente avançado

Está aumentando o número de pacientes com câncer do pâncreas localmente avançado irressecável ou marginalmente ressecável que estão sendo tratados inicialmente com quimioterapia combinada com associações como FOLFIRINOX(fluorouracil+leucovorin+oxaliplatina+irinotecano)numa tentativa de aumentar as chances de ressecção com margens cirúrgicas negativas(R0).A revisão de um estudo com 40 pacientes portadores de câncer do pâncreas irressecável ou doença marginalmente ressecável foram submetidos a quimioterapia neoadjuvante com o FOLFIRINOX, revelou que a avaliação imaginológica pós-QT pode não ser confiável como preditora de ressecabilidade.Embora 19 pacientes tenham sido classificados com tendo doença avançada e irressecável no estadiamento clínico pós terapêutico,37 deles(92%)tiveram ressecção nível R0.Exames imaginológicos pós terapêuticos devem ainda ser realizados para avaliação da doença metastática à distância que possa impedir a ressecção cirúrgica.Entretanto,estes dados sugerem que a determinação de ressecabilidade deve ser realizada intra-operatoriamente.

2017-01-26T15:28:11+00:00

Deixar Um Comentário