O Atezolizumab é um anticorpo que bloqueia a morte celular programada(anti PD-L1)previamente aprovado pelo FDA no tratamento do carcinoma urotelial avançado ou metastático que tenha progredido após tratamento quimioterápico com sal de platina.Esta aprovação foi baseada em dois ensaios clínicos randomizados,open-label(OAK e o POPLAR)que demonstraram resultados clínicos consistentes em eficácia e segurança num total de 1.137 pacientes portadores de carcinoma não de pequenas células do pulmão.Comparado com o Docetaxel,o tratamento com o Atezolizumab resultou nos dois ensaios numa melhora da sobrevida global de 4,2 meses(OAK)e 2,9 meses(POPLAR).No estudo OAK a sobrevida global média foi de 13,8 meses no grupo de pacientes que fez uso do Atezolizumab e de 9,6 meses no grupo que fez uso do Docetaxel.No estudo POPLAR,a sobrevida global média foi de 12,6 meses no grupo que fez o Atezolizumab e de 9,7 meses no grupo que fez o Docetaxel.Os pacientes cujos tumores possuam aberrações no seu genoma como EGFR ou ALK devem ter progressão da doença quando em tratamento com drogas aprovadas pelo FDA para que possam ser tratados com o Atezolizumab.